sábado, 7 de Junho de 2014

Casal alemão desparecido na ilha da Madeira (Turistas desaparecidos encontrados mortos, TSF)



«Um casal alemão encontra-se desaparecido desde quarta-feira na Madeira depois de ter informado na receção do hotel onde se encontrava hospedado que ia fazer um passeio ao Monte, no Funchal.

O presidente do Serviço Regional de Proteção Civil, coronel Luís Néri, confirmou à agência Lusa que o Comando Regional da PSP, que coordena a operação, pediu a intervenção daqueles serviços.

Equipas dos Bombeiros Municipais do Funchal (BMF) e dos Bombeiros Voluntários Madeirenses (BVM) e Policia de Segurança Pública (PSP) procedem a buscas na freguesia do Monte designadamente no Curral dos Romeiros, na Levada do Bom Sucesso e na Levada dos Tornos.

O alarme foi dado na quinta-feira depois da perceção que o casal não tinha regressado ao hotel.

O casal, um homem e uma mulher de 68 anos, chegou à Madeira na terça-feira para uma estadia de uma semana e regresso a 10 de junho ao país de origem.»



Fonte: Jornal de Notícias online, 07 de junho de 2014

quinta-feira, 5 de Junho de 2014

Caso Rui Pedro: Supremo Tribunal de Justiça condenou Afonso Dias a três anos de prisão efectiva




«O Supremo Tribunal de Justiça confirmou a condenação de Afonso Dias pelo rapto de Rui Pedro, reduzindo contudo a pena de prisão para três anos.

Afonso Dias - antigo camionista e único arguido no caso de Rui Pedro, que desapareceu a 11 de março de 2008, com 11 anos de idade - recorrera da decisão do Tribunal da Relação do Porto, que o condenara a três anos e seis meses de prisão.
No início de 2012, o Tribunal de Lousada absolvera-o por considerar que o crime de rapto não havia sido provado. A família de Rui Pedro recorreu então para a Relação do Porto.
Afonso Dias poderá agora ainda recorrer para o Tribunal Constitucional.»



Texto in Expresso online, 05-6-2014
Imagem in Google

quinta-feira, 22 de Maio de 2014

Los Angeles, EUA: Jovem sequestrada durante 10 anos foi encontrada



«Uma jovem sequestrada e agredida sexualmente durante dez anos foi encontrada viva e o seu suposto sequestrador foi detido, anunciou na quarta-feira a polícia da Califórnia.

A vítima, hoje com 25 anos, tinha sido raptada em 2004 em Santa Ana, a sudeste de Los Angeles, disseram as autoridades.


- Isidro Garcia, 41 anos, é acusado de ter raptado a jovem e já foi detido -


Foi a própria quem se apresentou à polícia e denunciou o seu suposto agressor, Isidro Garcia, de 41 anos, que já foi detido.

A jovem, que tinha 15 anos quando foi raptada e cuja identidade não foi até agora revelada, teve várias oportunidades para fugir durante os 10 anos de cativeiro, mas «não encontrou maneira de o fazer», disse a polícia em comunicado.

Ainda segundo a mesma fonte Isidro Garcia obrigou a jovem a casar-se com ele em 2007 e os dois tiveram um filho em 2012.

Garcia, que vivia com a vítima em Bell Gardens, um bairro "difícil" a sul de Los Angeles, a cerca de 40 quilómetros de Santa Ana, foi detido por sequestro e violação.

A jovem foi dada como desaparecida em agosto de 2004. Na altura o homem tê-la-á drogado e levado para a sua casa e depois ter-lhe-á arranjado documentos falsos.»


Fonte: TSF online, 22 de maio de 2014

sábado, 26 de Abril de 2014

Rui Igreja, coveiro da Praia do Ribatejo, desapareceu durante as festas da Boa Viagem de Constância





«O coveiro da Praia do Ribatejo, concelho da Barquinha, está desaparecido desde a noite de segunda-feira, 21 de abril, o último dia das Festas da Nossa Senhora da Boa Viagem de Constância, onde era suposto ter ido para assistir ao concerto de José Cid e ao espetáculo de fogo-de-artifício que encerra os festejos.

Rui Igreja, de 39 anos, não voltou a dar notícias a uma prima, a sua família mais próxima e com quem contatava todos os dias.

O homem, que é funcionário da Junta de Freguesia da Praia do Ribatejo, é solteiro e vive sozinho.

Rui Igreja está a ser procurado pela GNR e os corpos de bombeiros de Constância e de Vila Nova da Barquinha têm efetuado buscas em terra e no leito do rio Tejo, mas até ao momento sem sucesso.

A família lançou um apelo público a quem possa ter informações sobre o seu paradeiro, solicitando que entre em contato com a Junta de Freguesia, pelo número de telefone 249 733 940, com a GNR da Barquinha, 249 720 830, ou com a própria familiar mais próxima, Maria José, pelo 966 965 452.»

Fonte: Rede Regional, 25 de abril de 2014

segunda-feira, 14 de Abril de 2014

Wolfgang Kaiser (da Áustria) desapareceu no Algarve, Portugal


Desapareceu no passado mês de Março




Idade: 25 anos.
Altura: 1,85m.
Peso: 78 Kg.
Naturalidade: Áustria.





Qualquer informação que ajude a localizar o paradeiro de Wolfgang Kaiser deve ser enviada para o e-mail melanie.berlinger@gmail.com,ddo seu familiar que nos enviou estas fotos e o pedido de divulgação, ou para o e-mail deste blogue desaparecidos@live.com.pt que depois encaminhará as informações para Berlinger Melanie.


terça-feira, 4 de Março de 2014

Filomena Teixeira escreve carta ao filho, Rui Pedro



Faz hoje, terça-feira, 16 anos que Rui Pedro desapareceu. Desde então, a mãe nunca desistiu de procurar a verdade sobre o aconteceu naquele dia. Para assinalar a data, usou um Facebook para deixar uma mensagem ao filho. E escreveu-lhe uma extensa carta.




"Carta de uma mãe ao filho desaparecido.

Meu filho, faz amanhã 16 anos que não te vejo, e depois deste tempo todo ainda espero por ti! Espero e esperarei até que me digam algo de ti! Este tempo todo imagino-te crescendo, tornando-te um homem,e eu aqui parada no tempo, á tua espera! Nunca deixarei de te esperar!!! De uma forma ou de outra, os dias sucedem-se, muitos Já partiram, outros nasceram e cresceram enquanto estiveste fora...outros vão nascer breve, sabias? Há tanta coisa para te dizer, tantas promessas a cumprir que não vão chegar o resto dos meus dias para os realizar...volta, estamos aqui todos á tua espera...tal como naquele fatídico dia 4/03/1998...Se não quiseres falar basta um abraço, tu sabes dar tão bem abraços! e beijos pequeninos...bem sei que estás crescido, mas a mim não vais negar?! Tenho tentado tudo para suportar a tua ausência...tudo mesmo!!! Ás vezes digo a mim própria que é um pesadelo e que vou acordar a qualquer momento e tu estás aqui...depois abro os olhos e a realidade atordoa-me os sentidos! NÃO ESTÁS! e não posso fazer nada!!!!

Sabes, já nem rezo, olho para o vazio e mentalmente pergunto por ti?! Já nem sei quem sou, ou no que me tornei!!!Um fardo para uns...uma lunática para outros! Dizem que sou forte?! Quando eu sou tão frágil...imagina a tua irmã o que tem de suportar?! E ser a filha mais maravilhosa que alguém poderia ter! Porque é nisso que ela se tornou Pedro, num ser humano espantoso! Tens de ter orgulho nela!Vês filho, o que tenho para te dizer não chega uma carta...Como faço para comunicar contigo? A tua irmã está á distancia de um telefonema, basta-me saber que está bem! contigo faria igual, só quero que sejam felizes! É pedir muito filho?

Quando puderes juras que me respondes? Eu continuo aqui à espera..

Um Abraço do tamanho do mundo, da tua mãe que te adora e não sabe o que fazer sem ti?!

P.s. Estou a escrever-te do teu quarto, o pai acabou de entrar, ele trabalha muito, e sente muito também a tua falta, só não sabemos como te dizer!? Daí a carta, desculpa se é muito longa, mas juro que se tu vieres eu não te canso! Eu calo-me e basta-me o teu olhar no meu.

Adoro-te! Mãe."


Fonte: DN online, 04-3-2014

quarta-feira, 12 de Fevereiro de 2014

Celeste de Jesus Machado Soares Carvalho (encontrada sem vida no mar ao largo de Vila do Conde)


Desapareceu no dia 10-02-2014





• Nome: Celeste de Jesus Machado Soares Carvalho
• Altura: 1,58m
• Peso: 65 Kg
• Hora e dia do desaparecimento: cerca das 18h do dia 10/02/2014
• Local do desaparecimento: Rua Serpa Pinto nº 82 - 2º esq, Póvoa de Varzim.
• Roupa usada no dia desaparecimento: casaco comprido cinza escuro, camisola cor de rosa às riscas, calças cinza escuras e botas com salto alto. Usava também óculos de sol.
• Estava a ser tratada de uma depressão.




Alguma informação que ajude a localizar esta senhora deve ser comunicada a qualquer esquadra da PSP ou posto da GNR, ou para a Polícia Judiciária (tel. 225 088 644) ou ainda através do e-mail do seu filho Nuno Carvalho, que nos enviou este pedido de divulgação: nuno.s.carvalho@gmail.com 






Actualização de post no dia 19-02-2014:

Recebemos de Nuno Carvalho a informação que a sua mãe apareceu sem vida no mar ao largo de Vila do Conde.